Sábado, 16 de Março de 2013

XXI

 

Estou vazia de sentidos.

Este silêncio em mim é uma tortura

que me mata a alma a pouco e pouco

e me afoga o ser em versos ressequidos.

 

Achei que eras mais um sonho atirado ao vento

um pensamento ou alimento que não tive

uma promessa jamais feita e que nunca mantive

 

Mas descobri em mim um fado triste

numa primavera em que as flores não floriram

em que as aves não fizeram ninhos

em que o sol morreu e tu partiste.

 

Felipa Monteverde

publicado por Felipa Monteverde às 22:33
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Ailime a 19 de Março de 2013 às 18:26
Olá Felipa, um poema magnífico ! A primavera está aí próxima e o mundo tem sempre nalguma esquina um raio de sol e uma flor para nos fazer sorrir. Um beijinho Ailime

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. XXV

. XXIV

. XXIII

. XXII

. XXI

. XX

. XIX

. XVIII

. XVII

. XVI

.arquivos

. Novembro 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds